Os desafios de conciliar a vida pessoal com a profissional

Compartilhe esse conteúdo!

Você sente que a maneira como lida com os desafios profissionais – pressão por entregas, competitividade, falta de reconhecimento e questões na dinâmica de seu trabalho precisam ser cuidadas com urgência afinal parece que você está prestes a entrar em “parafusos”?!

Não há como negar que enfrentar os desafios do dia a dia profissional é um campo minado para a saúde mental de todos nós.

E você já pensou em travar essa batalha sabendo quais as suas melhores armas para lidar com os desafios que muitas vezes lhe são impostos?

Além dos prazos a cumprir, da busca de soluções, do aumento na produtividade entre outras, também temos que lidar com o nosso “gerente interior” que diante dessas demandas ainda nos exige perfeccionismo, reconhecimento, clareza, motivação e satisfação em nossa escolha profissional.

Quantas vezes você, mesmo depois do expediente continuou a pensar nos ocorridos do dia e o que ainda teria para resolver no dia seguinte? E assim você vai deixando de experenciar a vida que acontece fora do “horário comercial”, o lazer, a família e seu autocuidado acabam nunca sendo prioridade.

Sabemos o quão assustador é pensar numa demissão, seja ela partindo da empresa ou sendo nossa decisão e isso traz sempre um aperto no coração e muitas das nossas ideias não deixam nunca de serem apenas projetos. Diante desse medo, como você se comporta? Paralisa ou cria possibilidades?

Certamente o trabalho contribuí para a conquista de nossos desejos e alcance de nossa realização pessoal, mas isso só é possível quando temos uma relação saudável, afinal o trabalho por si só não pode garantir sua felicidade, mas tem a capacidade de torná-lo infeliz.

Olha que alarmante essa estatística, no Brasil mais da metade dos trabalhadores (60%) indica o trabalho como causa de sentimentos como nervosismo, irritação, cansaço, tristeza ou falta de energia, o dado é da Associação Nacional de Medicina do Trabalho. Além disso, os transtornos depressivos e de ansiedade custam 1 trilhão de dólares à economia global a cada ano em perda de produtividade. Você quer fazer parte desse grupo? Acho que não!!

O processo psicoterapêutico pode transformar suas escolhas e transformar você em um profissional mais confiantes e com possibilidades de mudança.

Posts Recentes